PT EN DE

Empresa  

A Matias Moldes foi fundada em 1996. A Qualidade e a Experiência aliado a Honestidade e à Competência são as suas mais-valias no fabrico de moldes. Os principais sectores para o qual trabalha são: Eléctrico, Electrónica, Auto, Médica, Leds e Reflectores, Máquinas e Eletrodomésticos, Cosmética, Menage, etc.

A maior parte da sua produção destina-se à exportação, sendo os principais destinos a Europa e os Estados Unidos.


A Indústria de Moldes

A Indústria de Moldes para Plásticos nasceu na Mª Grande em 1946 pela mão do Sr. Aníbal H. Abrantes, embora antes dessa data já se fabricassem na Mª Grande os moldes para o vidro. 

A A. H. A. foi durante muitos anos a universidade dos moldes, dela saíram muitos empresários. O fundador da Matias Moldes, teve também na A. H. A. a sua formação. Foi nos anos 50 que se iniciou o desenvolvimento da exportação de moldes, cujo mercado inicial foi os Estados Unidos. 

A indústria de moldes portuguesa, desde sempre primou pela inovação tecnológica e ainda hoje investe quase 20% da sua faturação em inovação e tecnologia de ponta. A indústria de moldes portuguesa faturou mais de 794 milhões de euros em 2017, sendo que 675 milhões se destinaram à exportação.

Até à adesão da União Europeia, o principal mercado era os Estados Unidos e Canadá. Atualmente a grande fatia da exportação é destinada a países comunitários, tendo esse mercado uma cota superior a 65% das vendas. 

Atualmente o sector com mais peso na compra dos moldes portugueses, é o sector automóvel. A indústria de moldes portuguesa tem superado as adversidades com base na Qualidade, Inovação e Investimento Tecnológico. Uma imagem que permitiu superar as dificuldades levantadas pelos novos concorrentes, nomeadamente da China.

A indústria de moldes portuguesa tem adaptado gradualmente os preços e prazos à nova realidade do mercado.




Como trabalhamos na Matias Moldes

    • Fornecemos orçamentos detalhados com as características do molde; 

    • Após a encomenda iniciamos de imediato o projecto preliminar do molde; 

    • Enviamos o preliminar para o cliente comentar e aprovar;

    • Após aprovação fazemos a encomenda dos aços;

    • Procedemos a finalização do projeto do molde;

    • Enviamos para aprovação, para dar início do fabrico do molde;

    • Iniciamos a maquinação do molde;

    • Enviamos process report e fotos com a informação sobre o fabrico do molde;

    • Solicitamos o envio da matéria plástica para teste;

    • Fazemos testes com máquinas semelhantes a do Cliente;

    • Envimos as peças para o cliente validar;

    • Fazemos o control dimensional das peças para validação das cotas;

    • Após o cliente aprovar as peças enviamos o molde para o cliente;